Dave Matthews & Regina Spektor ] Altas Horas

Eu poderia falar da musicalidade de ambos os artistas mas creio que isso já esteja mais que passado neste blog, principalmente no que se refere a Dave Matthews. Já sobre Regina confesso que a ouvi pela primeira vez hoje e me apaixonei pela sua voz e por sua musicalidade. Mas não é disso que vim falar neste post.

Este post vai servir de desabafo para com alguns amigos incultos e mal informados que julgam sem ter respaudo sobre coisa alguma, mas são amigos!

Achei muito interessante a forma como Dave e Regina colocaram a questão “estadusidinense”. Ouço muitas criticas sobre o povo e sobre a politica norte-americana e me chateio muito com isso. Claro que há defeitos e imperfeições na cultura deles mas em qual cultura não há? Eu tive a opotunidade de resisdir por dois anos nas duas costas do pais e defendo com unhas e dentes a maioria dos americanos que lá conheci mas, mais ainda entendo os que não são de lá.  Há um sentimento de cumplicidade muito grande entre os imigrantes, assim como Regina muito bem colocou na entrevista, existem dois EUA; Um que o mundo conhece como “American Way Of Life” e o outro que segue pela torpe realidade que nos cerca.

A idéia do “ideal” de país é o que move a grande maioria dos imigrantes que acordam cedo e trabalham até 18 horas por dias e mais de um emprego e que os une em uma grande nação sem fronteiras regidas por uam só bandeira que os acolheu. E a outra é do preconceito e da marginalidade profissional, são poucos os imigrantes que ocupam cargos de alto nivel por lá. Dai eu pergunto, não sofremos com isso aqui?

O brasileiro tem essa péssima mania de olhar pro quintal do vizinho e criticar! Incrivel a incapacidade de olhar para o próprio umbigo…  Então meus caros, fica a lição de dois imigrantes residentes nos EUA.

Post com dica da Leticia Sonolenta! Hahahahahaha!

 

1 comentário (+adicionar seu?)


  1. dez 20, 2010 @ 22:06:15

    Cadú,Cadú …

    Como bem sabe,
    vi este dia no Altas Horas.
    E você,com sua breve genialidade descreveu MUITO bem a entrevista.
    Deu uma ampliada,no que tinha pra vir.
    E pra eu que assisti pela TV, deu uma esclarecida daquelas,que deixa com vontade de “comer” tudo,ler tudo,ver tudo,ouvir tudo.
    Obrigada pela citação.
    É meu GÊNIO predileto.

    PS. Agora eu vou dormir.

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: