Traição; É normal só pra quem nunca amou de verdade.

Andei conversando com varios amigos em um passado não muito distante e, na busca por um entendimento ou pelo menos alguma forma subtrair o vazio de dentro de mim, cheguei a conclusão de que trair não é errado desde que você entenda e sinta dentro de você que amor e tesão são dois sentimentos que flutuam em extremos opostos. Porém pra mim essa colocação não rola.

Claro, sentir tesão por alguém é comum faz parte da nossa natureza mas, dai usar do meio da traição para suprir uma necessidade fisica? Acredito que isso seja errado posto que amar envolve milhares de outras coisas além do tesão.  Amor sem tesão não existe, mas acredito que tesão sem amor seja comum. Aliás, acho mesmo que primeiro vem o tesão e depois o respeito e com isso o amor.

Amor é algo que construímos aos poucos, trabalhamos e lapidamos como um diamante bruto e deixamos próximo daquilo que idealizamos, porque infelizmente não consegui e não sei de alguém que tenha conseguido encontrar o tal do “amor perfeito”. E  se quer saber prefiro que seja assim, imperfeito e lindo ao mesmo tempo, pois são das adversidades que construimos as novidades em nosso caminho. Superar as diferenças em um relacionamento só nos faz crescer. Eu não consegui superar e muito menos entender o lado da minha ex. Boto a culpa na minha falta de maturidade, acredito e vou morrer acreditando que o que sentimos um pelo o outro foi amor de verdade mas foi ousadia de mais da nossa parte achar que duas crianças entenderiam tal sentimento, por isso acabou.

Enfim… Problematico se torna quando um dos lados deixa de amar ou pior, nunca amou. Dai vem a traição… Para quem nunca foi traído isso não faz muito sentido mas, eu ja fui e posso dizer com profundo conhecimento de causa, dói. Muito dificil é superar a traição de alguém que amamos e mais ainda quando se trata da pessoa que você tem como companheira e um grande amigo.

O video abaixo mostra o que aconteceu em Sorocaba. Uma mulher descobre a traição e resolve colocar a amiga contra a parede, juntou provas de 5 anos de traição (fotos, conversas de e-mail, vídeo), armou uma câmera escondida para filmar o encontro e chamou a ‘amiga’ para conversar.

O resultado é um verdadeiro barraco entre mulheres de classe média alta de Sorocaba. As duas eram amigas a ponto de frequentar a casa uma da outra. O barraco já é um dos termos mais twittados no momento e a tendência é só aumentar o que é triste entretanto, necessário. Toda dor e humilhação é pouco a quem se diz amigo(a) e age desta forma e mais ainda a quem fez juras de amor.

Pra mim(virgula) NÃO trair, nada tem a ver ou  está ligado ao respeito pelo outro em primeiro, acredito sim que primeiro venhao respeito a si mesmo.

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. DOM
    jul 06, 2010 @ 23:04:06

    Penso que trair é uma variação de amar…sendo ela sem gênero e grau romântico que possa ser considerado um ato fiel, seja a amante que for.
    Somente se pode esperar que cada dia passe e as horas fujam assim como as desculpas e atrasos inexplicáveis.
    Coisas libidinosas que nos vem a mente, desmentem o efeito e causa destrutiva que um beijo, uma passadinha de mão ou qualquer ato falho possa desencadear.
    Acho que uma das grandes falhas da humanidade é trair e mais ainda manter-se na traição.
    Não vale a pena…por ninguém, sendo primeiramente letal a si próprio!

    Responder

  2. Cadu
    jul 10, 2010 @ 21:02:34

    Sem querer dar um esculaxo mas essa sua mania de querer dar uma de sábio e filosofo só te queima, nem pra comentar com concordancia você ta conseguindo! rs rs rs Aprovieta enquanto ainda tem gente que te acha um máximo! rs rs

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: